A queima de combustíveis não convencionais é hoje uma realidade na indústria, aliando o descarte seguro destes resíduos com a economia de combustíveis tradicionais.

Os impactos da introdução de resíduos não-convencionais em fornos e calcinadores devem ser avaliados cuidadosamente, para garantir que se evite aumento no consumo específico de energia (kcal/kg de clínquer), perdas de produção, dificuldades operacionais ou impactos na qualidade do clínquer.

O MI-CFD da CINAR é o único software capaz de simular a combustão de múltiplos combustíveis acoplada às reações de calcinação e de formação do clínquer. A combustão de cada combustível/resíduo é avaliada, observando-se tanto os aspectos físicos (tamanho, forma e densidade) como os químicos (composição e reatividade).

Através das simulações MI-CFD são determinados os melhores locais para injeção de cada fração dos combustíveis alternativos, garantindo uma combustão completa e altos níveis de calcinação, enquanto são avaliados os impactos nas emissões. Isso permite um aumento nas taxas de substituição térmica de combustíveis alternativos aliado a um desempenho ótimo na operação.

Veja alguns exemplos de combustíveis que o MI-CFD pode simular

Cavaco

Resíduo urbano

Pneu

Refugo de produção

Serragem

Solo contaminado

Veja o case

Conheça os casos de sucesso nos quais a CINAR auxiliou na escolha de combustíveis ideais.

PROPOSAL